Meditação: confira 4 passos práticos para iniciar a técnica hoje

meditar-1
Photo by Terimakasih0 on Pixabay.

Já falamos a respeito da meditação e os benefícios dessa prática alguns dias atrás e, agora, trazemos para você um guia simplificado e prático para começar a meditar ainda hoje.

Você vê pessoas elogiando a técnica, atingindo resultados e você pensa: “Nossa, é isso que eu preciso!”. A partir disso você se inspira, se motiva e deseja atingir isso. Porém, logo no início da prática, você começa a ficar nervoso, inquieto e ansioso. Fecha os olhos por alguns segundos torturantes e acha que não vai resistir a tantos minutos, seu corpo começa a coçar e você começa a se sentir desconfortável. Rapidamente você conclui: meditação não é para mim. Calma, esse prognóstico pode estar muito equivocado.

Você apenas precisa descobrir o seu método para iniciar essa prática. Não se atropele, respeite seu tempo e siga o seu ritmo. Não se cobre e você verá que a meditação, aos poucos, começará a fluir com mais facilidade. Se você está disposto a tentar novamente e aplicar a meditação no seu dia-a-dia, confere essas dicas práticas:

Postura

meditar-2
Photo by Kosal Ley on UnSplash.

Todos conhecemos a postura básica, chamada Lótus, de pernas cruzadas e braços relaxados. Acontece que esta posição não é obrigatória e você consegue meditar sem executá-la. Nós não estamos acostumados a sentar nessa posição e, no início, ela pode ser muito desconfortável: talvez você não consiga cruzá-las ou suas pernas comecem a formigar.

Tudo bem não fazer essa posição. Não desista nesse primeiro detalhe. Você pode, sim, sentar-se em uma cadeira ou sofá. Apenas cuide, pois o encosto precisa dar suporte para suas costas. Para manter a coluna mais reta, deixe uma almofada atrás de você, caso necessário. Se preferir, apoie-se em uma parede. É importante manter as costas retas, pois é isso que fará com que você consiga respirar corretamente.

Outras posições são permitidas. O que não pode, é você ficar em uma constante luta com seu corpo. Caso isso aconteça, você não irá atingir um estágio meditativo. Para iniciar, procure uma posição confortável para você. Simples e direto.

Respiração

meditar-3
Photo by Matthew Henry on Burst.

Além de oxigenar seu corpo, a respiração vai lhe ajudar a comandar a sua mente. Para essa etapa, aprenda a observar o seu diafragma. Ele se localiza logo abaixo dos pulmões e é o que faz a sua barriga crescer quando você inspira e diminuir quando você expira. Ou seja, não respire apenas com os pulmões/peito. Deixe seu diafragma se expandir e diminuir conforme você respira.

Para iniciar o controle da sua respiração, inspire durante 3 ou 4 segundos e expire durante o dobro disso, durante 6 ou 8 segundos. Com o passar do tempo você vai se aprofundar a respeito da importância da respiração e vai descobrir novas formas de executar essa etapa. Porém, esse é um ótimo passo inicial.

Concentração

meditar-4
Photo by Simon Migaj on Unsplash.

Nós estamos constantemente agitados, preocupados e com a cabeça em vários lugares ao mesmo tempo. Para meditar, você vai precisar se esforçar um pouco e concentrar a sua mente no presente.

Se você tenta clarear sua mente, mas ela continua a divagar para os pensamentos mais aleatórios, comece a praticar a meditação mentalizando um mantra, uma frase ou até mesmo um cenário, som ou cor. Não tem problema se você lembrar de algo e voltar para a concentração várias e várias vezes seguidas. Isso não quer dizer que a meditação não é para você. Conforme você pratica, sua mente vai se aquietando. Você vai aprender a ter esse controle com o passar do tempo. Pode parecer que não, mas seu foco vai crescer cada vez mais.

Neste quesito, as práticas guiadas são muito úteis, pois dão um segmento e te concentram através da audição. Caso você experimente esse tipo de meditação e não se adapte, volte a tentar manter a sua mente limpa. Concentre-se no seu interior, na sua respiração ou em palavras e imagens, conforme mencionamos anteriormente.

Meditação

meditar-5
Photo by FelixMittermeier on Pixabay.

Com todos os ajustes anteriores feitos, agora chegou o momento de iniciar seu estado meditativo. Não se preocupe, parece difícil, mas ele é uma consequência natural dos três passos anteriores. Você ajustou sua postura, controlou sua respiração e trabalhou sua concentração: agora chegou o momento em que você se conecta com a sua essência. Pode ser que isso dure apenas um instante e logo lhe escape. Durante uma prática, isso pode lhe acontecer várias vezes.

Posicionar o seu eu no presente, sentir essa conexão com o agora, junto com esse relaxamento corporal e concentração mental, fará com que você, quando abrir os olhos, se sinta pertencente a si mesmo.

Esses são 4 tópicos básicos para você começar a praticar a meditação, como principiante. São 4 assuntos que você precisa ajustar à sua forma de ser e sentir. Se você realmente quer começar a meditar e usufruir de todos os seus benefícios, ter paciência nessa etapa inicial é essencial.

Para manter o foco, pense no motivo de você querer praticar a meditação. Fixe os motivos em sua mente e a meditação deixará de ser uma obrigação para se tornar um hobby. Como você pode ver, você não precisa que todos os planetas estejam alinhados para começar essa prática.

Você está interessado em praticar meditação? Você tem alguma dica para compartilhar? Comenta com a gente!

avatar

Redação Hobbietown

Além de apresentar assuntos variados e ecléticos, também temos como objetivo instigar a curiosidade do habitante, incentivando a busca por informação e a motivação pela ação. Queremos que você se inspire e tenha acesso as ferramentas necessárias para lapidar e polir seus novos conhecimentos, a fim de que se envolva cada vez mais com atividades que lhe proporcionem alegria, satisfação e prazer. Bem-vindo a Hobbietown!

1 Comentários
  1. […] Se ficou interessado, confira esses 4 passos práticos para começar a medita ainda hoje. […]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.